Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Armstrong: UCI expressa a sua satisfação com a confissão do ex-ciclista

Lusa

  • 333

Genebra, Suíça, 18 jan (Lusa) - A União Ciclista Internacional (UCI) expressou hoje a sua satisfação com a confissão de Lance Armstrong, que admitiu ter-se dopado, considerando que esta elimina qualquer dúvida sobre um possível encobrimento por parte do organismo.

Em comunicado, redigido pelo presidente da UCI, Pat McQuaid, o organismo refere-se à confissão de Armstrong como um "passo importante" para o "restabelecimento da confiança no desporto" e para corrigir os "danos causados ao ciclismo".

"Lance Armstrong confirmou que não houve cumplicidade ou conspiração entre a UCI e ele. Não houve testes positivos encobertos e [Armstrong] confirmou que as suas doações à UCI foram para ajudar à luta contra o doping", acrescentou McQuaid.