Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Armstrong tem três semanas para recorrer ao Tribunal Arbitral do Desporto

Lusa

  • 333

Redação, 11 dez (Lusa) -- O norte-americano Lance Armstrong foi formalmente notificado da retirada de todos os resultados desportivos desde julho de 1988, tendo agora três semanas para recorrer ao Tribunal Arbitral do Desporto, anunciou hoje a União Ciclista Internacional (UCI).

"O advogado de Lance Armstrong foi notificado a 06 de dezembro que todos os seus resultados desde 01 de agosto de 1998 foram anulados. Tem 21 dias para apelar", disse o porta-voz da UCI, Enrico Carpani, à agência Reuters, citada pelo sítio especializado cyclingnews.

Se o texano de 41 anos não recorrer da decisão da UCI, tomada na sequência do relatório da Agência Antidopagem dos Estados Unidos (USADA) que acusa o antigo corredor de dopagem sistemática, pode também perder a medalha de bronze conquistada no contrarrelógio dos Jogos Olímpicos de Sydney2000.