Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Armstrong: Doping na US Postal era uma opção de cada ciclista

Lusa

  • 333

Redação, 18 jan (Lusa) -- O ex-ciclista Lance Armstrong negou hoje ter obrigado outros ciclistas a dopar-se, recusando uma responsabilidade que atribuiu às opções de cada um, e assumiu não ter sentido estar a fazer batota enquanto se dopou.

"Eram tempos competitivos. Éramos todos homens adultos, fazíamos as nossas escolhas. Houve pessoas na equipa que optaram por não o fazer", afirmou em entrevista à apresentadora norte-americana Oprah Winfrey.

No relatório de 164 páginas resultante da investigação da Agência Antidopagem norte-americana (USADA), que fundamentou a decisão da União Ciclista Internacional (UCI) de "apagar" todos os resultados desportivos do norte-americano, há vários testemunhos que garantem ter sido introduzidos no doping por pressão de Armstrong.