Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Armando Vieira (ANAFRE) contra reforma do poder local "imposta e feita à pressa"

Lusa

  • 333

Aveiro, 20 fev (Lusa) - O presidente da Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE), Armando Vieira, disse hoje que a emergência financeira do País não justifica que a reforma da administração pública seja imposta e feita à pressa.

Intervindo num debate sobre o poder local, organizado pela Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda, Armando Vieira disse não estar "contra reformas, mas contra o modelo" e defendeu que se a razão para avançar é a emergência financeira, "a reforma devia começar pelo poder central, pelas empresas públicas" e só depois ir ao poder local.

"Todas as freguesias pesam apenas 0,1 por cento no Orçamento do Estado de 2013. Logo, para a emergência financeira que o País vive esta reforma não tinha de ser feita de forma apressada e imposta, mas com a participação dos cidadãos, evitando situações tensas", criticou.