Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

AR/Censura: Passos critica despacho de Governo PS sobre obras no túnel do Marão

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 abr (Lusa) - O primeiro-ministro acusou hoje ex-secretários de Estado socialistas de terem assinado um despacho para transferir avultadas verbas para o concessionário da obra do túnel do Marão, o que levou Paulo Campos a pedir a defesa da honra.

Esta referência a uma diretriz do anterior executivo, liderado por José Sócrates, foi feita por Pedro Passos Coelho no debate da moção de censura do PS ao Governo, num momento em que respondia a questões colocadas pelo deputado do Partido Ecologista "Os Verdes" José Luís Ferreira.

Pedro Passos Coelho começou por cometer um lapso ao referir que um dos autores do despacho era o secretário de Estado "Paulo Penedos", uma dos arguidos no processo "Face Oculta", mas corrigiu logo a seguir.