Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Arborização de pastagens na Graciosa vai aproveitar nevoeiros para abastecer aquíferos

Lusa

  • 333

Santa Cruz da Graciosa, 29 abr (Lusa) -- As pastagens degradadas da zona mais alta da Graciosa, nos Açores, estão a ser florestadas para, através das árvores, aproveitar o nevoeiro para o abastecimento dos aquíferos subterrâneos, colmatando assim alguns problemas de água que tem esta ilha.

O projeto de arborização das pastagens degradadas e baldias abrange o exterior da zona da Caldeira da Graciosa e está já instalado um "povoamento florestal" de um hectare, sendo o prazo previsto para a conclusão desta fase piloto dois anos, segundo as informações dadas à Lusa pela Secretaria Regional dos Recursos Naturais.

"Sendo a ilha Graciosa uma das que regista maiores problemas ao nível da disponibilidade de água, é importante que se promovam alterações no uso do solo que potenciem a captação e armazenamento de água", disse o secretário regional dos Recursos Naturais, Luís Neto Viveiros, durante uma recente visita àquela zona.