Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

AR: Governo lançou "ataque mortal" ao SNS e Paulo Macedo "está a mais" -- BE

Lusa

  • 333

Lisboa, 06 jun (Lusa) - O deputado do Bloco de Esquerda (BE) João Semedo acusou hoje o Governo de ter lançado um "ataque mortal" ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) e considerou que o ministro Paulo Macedo "está a mais".

João Semedo assumiu esta posição através de uma declaração política no Parlamento, feita pouco depois de a Ordem dos Médicos, o Sindicato Independente dos Médicos e a Federação Nacional dos Médicos terem anunciado uma greve para os dias 11 e 12 de julho.

"O Governo lançou um ataque mortal contra o SNS. Um ataque em três direções, articuladas entre si, todas e cada uma apontadas ao desmembramento do SNS: a nova carta hospitalar, a mega contratação de empresas privadas para colocar médicos à hora no SNS e a redução dos cuidados garantidos pelo SNS", afirmou.