Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

AR: BE desafia maioria a "não deixar desempregado e precários para trás"

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 jun (Lusa) - O líder parlamentar do BE, Luís Fazenda, desafiou hoje o Governo e a maioria a viabilizarem o pacote de medidas dos bloquistas para reforçar a "proteção" de desempregados e precários, setores que "não podem ser deixados para trás".

A posição do presidente do grupo parlamentar bloquista foi assumida durante uma conferência de imprensa na Assembleia da República, onde Luís Fazenda apresentou o agendamento potestativo do BE (direto de um partido impor a ordem do dia) sobre "desemprego e precariedade", na quinta-feira, e as cinco propostas (três projetos de lei e duas resoluções) que vai levar a plenário.

"Entendemos que não é aceitável que haja fundos de reserva para a banca, assistência financeira para um conjunto de empresas, e todos aqueles que estão desempregados vejam ser-lhes cortadas as condições dos seus subsídios, do tempo de duração e também do valor da prestação social, que foi consideravelmente reduzido", advogou Luís Fazenda.