Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Apoio judiciário: MP abriu 386 inquéritos por irregularidades envolvendo advogados

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 jul (lusa) - O Ministério Público iniciou 194 investigações em Lisboa e 130 no Porto a advogados que terão recebido verbas indevidas do Estado no sistema do apoio judiciário, num total de 386 inquéritos.

Segundo dados fornecidos à Agência Lusa pelo gabinete de imprensa da Procuradoria-Geral da República (PGR), foram abertos 194 inquéritos em Lisboa, 130 no Porto, 60 em Coimbra e dois em Évora, no seguimento da auditoria que o Ministério da justiça realizou ao sistema de acesso ao direito/apoio judiciário.

Entretanto, a Ordem dos Advogados já anunciou que vai responsabilizar criminalmente dirigentes do Ministério da Justiça pelo "erro grosseiro" ou "má fé" na auditoria ao apoio judiciário, alegando que houve 2.238 irregularidades nos processos de pagamento e não 17.425 como divulgou o Governo.