Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

APAF acusa Conselho de Disciplina da FPF de abrir "precedente grave" na defesa dos árbitros

Lusa

  • 333

Lisboa, 15 fev (Lusa) -- A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) acusou hoje o Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) de abrir um "precedente grave" na defesa dos árbitros e voltou a lamentar a falta de policiamento nos jogos.

"Julgamos caber a este órgão o dever desportivo e moral de praticar o exemplo perante os seus órgãos homólogos associativos e contribuir para a defesa da justiça e não para a banalização deste género de acontecimentos, dando azo à ironia e ridicularização na opinião pública", lê-se num comunicado da APAF.

O organismo refere-se a um conjunto de episódios recentes de agressões a árbitros em partidas das divisões inferiores, demonstrando "estranheza perante as punições residuais atribuídas pelo Conselho de Disciplina da FPF".