Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Antigos gestores do BCP vão recorrer da sentença

Lusa

  • 333

Lisboa, 18 jan (Lusa) - Vários advogados de defesa dos arguidos do caso BCP anunciaram hoje, logo após a leitura da sentença que confirmou as acusações da CMVM que sobre eles recaíam, que vão recorrer da mesma para o Tribunal da Relação de Lisboa.

Magalhães e Silva, advogado de Jorge Jardim Gonçalves (fundador e antigo presidente do BCP), em declarações aos jornalistas logo após o desfecho do julgamento, lançou algumas críticas sobre a forma como este foi conduzido e confirmou que vai recorrer da decisão hoje divulgada pela juíza.

Antes, ainda na sala de audiências, o causídico apresentou um requerimento a solicitar a nulidade de uma das quatro contraordenações muito graves por prestação de informação falsa ao mercado a que Jardim Gonçalves foi condenado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), e que hoje o tribunal confirmou, defendendo que a mesma já prescreveu.