Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Antigo secretário de Estado de Sócrates acusa Justiça de atuar por iniciativa dos governos

Lusa

  • 333

Covilhã, 12 dez (Lusa) - Emanuel Augusto dos Santos, antigo secretário de Estado Adjunto e do Orçamento de José Sócrates, acusou hoje a Justiça de atuar por iniciativa dos governos, a propósito das notícias de buscas relacionadas com as Parcerias Público Privadas (PPP).

Foi noticiada esta terça-feira ao final do dia a realização de buscas judiciais ao ex-ministro das Finanças Teixeira dos Santos e ao antigo presidente da Estradas de Portugal Almerindo Marques, no âmbito das PPP.

"Dois anos é imenso tempo", referiu, numa alusão aos factos em causa, considerando que "tanto a não atuação [há dois anos], como a atuação tardia, significa que poderá haver iniciativa de outro poder para que a Justiça atue".