Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Antigo Presidente das Maldivas detido uma semana depois de faltar a julgamento por abuso de poder

Lusa

  • 333

Colombo, 08 out (Lusa) - A polícia das Maldivas prendeu hoje o primeiro Presidente democraticamente eleito do país, Mohamed Nasheed, uma semana depois deste não ter comparecido em tribunal para ser julgado por abuso de poder, informou o seu partido.

A informação foi divulgada pelo porta-voz do seu partido, Hamid Abdul Ghafoor, através do Twitter.

O primeiro Presidente democraticamente eleito das Maldivas, Mohamed Nasheed, deveria ter comparecido em tribunal para o início do seu julgamento por abuso de poder no dia 01 de outubro, sete meses depois de ter sido deposto, na sequência do que definiu de "golpe de Estado".