Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Antigo diretor da central nuclear de Fukushima morre aos 58 anos

Lusa

  • 333

Tóquio, 09 jul (Lusa) -- O ex-diretor da central nuclear japonesa de Fukushima, que assumiu o cargo na altura do desastre de 2011, morreu hoje aos 58 anos na sequência de um cancro no esófago, divulgou a empresa responsável pelo complexo.

Masao Yoshida morreu num hospital em Tóquio, após vários meses de tratamento, indicou a Tokyo Electric Power (Tepco).

Segundo a Tepco, Yoshida teve exposto a níveis de radiação na ordem dos 70 milisieverts entre o acidente nuclear de 2011, provocado pelo sismo e pelo tsumani de 11 de março, e a sua saída do complexo, que ocorreu seis meses depois do desastre.