Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Antigo advogado de O.J. Simpson alega tê-lo aconselhado a ir à polícia antes do crime

Lusa

  • 333

Los Angeles, 18 mai (Lusa) -- O antigo advogado de O.J. Simpson alegou na sexta-feira em tribunal ter aconselhado o seu cliente a ir à polícia ao invés de tentar recuperar sozinho objetos pessoais que lhe tinham sido roubados.

Simpson, antiga estrela do futebol americano, de 65 anos, a cumprir 33 anos de prisão, está a recorrer da sua condenação de 2008 em Las Vegas por sequestro e assalto à mão armada em 2007, alegando ter sido mal defendido pelo seu advogado de então Yale Galanter.

O.J. Simpson, que foi absolvido de forma controversa pelo homicídio, em 1994, da ex-mulher e de um amigo desta em Los Angeles, voltou à prisão por alegadamente ter entrado, com cinco homens armados, num hotel-casino de Las Vegas para recuperar, sob ameaças, objetos desportivos que tinham sido roubados da sua casa na Califórnia anos antes.