Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ano letivo: Aulas arrancam em 6.292 escolas

Lusa

  • 333

(CORREÇÃO E NOVO TÍTULO) Lisboa, 11 set (Lusa) -- O ano letivo de 2013/2014 arranca oficialmente na quinta-feira em 6.292 escolas, numa altura em que o Ministério da Educação estima que, até 2017/2018, o sistema de ensino perca cerca de 40 mil alunos.

A redução progressiva do número de alunos vai ser, de acordo com as recentes projeções divulgadas pelo gabinete de estatísticas do Ministério da Educação e Ciência (MEC), uma tendência nos próximos anos letivos, com exceção do ensino secundário, o único nível de ensino não superior para o qual se espera um aumento do número de alunos, refletindo o alargamento da escolaridade obrigatória para o 12.º ano.

As contas do MEC apontam para uma perda de 40 mil alunos no sistema de ensino entre os anos letivos de 2011-2012 e 2017-2018, e especialmente a partir de 2015-2016. (corrige o título e o primeiro parágrafo da notícia. Retira a estimativa do número de alunos a frequentar o ano letivo 2013/2014, que resulta de um lapso na soma feita pela Lusa, a partir dos dados do Ministério da Educação).