Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ano Judicial: SMMP diz que governo tem um "desrespeito despudorado" pela Constituição

Lusa

  • 333

Lisboa, 30 jan (Lusa) - O Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP) manifestou hoje a sua insatisfação pela forma como o governo quer reequilibrar as contas públicas, considerando que tem demonstrado um "desrespeito despudorado" pela Constituição.

Em carta aberta divulgada horas antes do início da cerimónia do Ano Judicial, o SMMP critica a via seguida pelo Governo para reequilibrar as contas públicas, dizendo que "nunca procurou ser conforme a Constituição e seus princípios, nomeadamente o da igualdade".

A direção do SMMP, presidida por Rui Cardoso, entende que o atual governo, à semelhança do anterior, tem, nesta matéria, propositadamente provocado "cisões na sociedade, incentivando e alimentando fracturas entre setores público e privado, entre jovens e reformados, entre empregadores e trabalhadores, entre empregados e desempregados, enfim, sempre colocando parte da sociedade contra outra parte".