Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

ANMP assume "profunda oposição" à proposta do Governo para as Finanças Locais

Lusa

  • 333

Coimbra, 28 dez (Lusa) -- A proposta de Lei das Finanças Locais aprovada, na quinta-feira, pelo Conselho de Ministros, merece a "profunda oposição" da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), afirmou hoje, em Coimbra, Fernando Ruas.

O presidente da ANMP falava aos jornalistas, depois da reunião do Conselho Diretivo da Associação, que se reuniu, durante a manhã, para analisar a proposta do Governo sobre o "regime financeiro das autarquias locais e das entidades intermunicipais".

Os dirigentes da ANMP ainda não conhecem a proposta e esperavam conhecê-la "atempadamente". Mas em função daquilo que já foi tornado público "merece a nossa profunda oposição porque não fomos ouvidos e temos, naturalmente, propostas a fazer, que gostaríamos que fossem apreciadas", sublinhou Fernando Ruas.