Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Angola/Eleições: Fantasmas, um muçulmano gangster e alguns políticos em protesto da UNITA

Lusa

  • 333

Luanda, 25 ago (Lusa) - A manifestação convocada hoje pela UNITA em Luanda reuniu várias formas de descontentamento na sociedade angolana contra a Comissão Nacional Eleitoral (CNE), num protesto que começou num cemitério, teve dois fantasmas e terminou com alertas à caça ao homem.

A ação do maior partido de oposição angolano teve início a meio da manhã com centenas de 'motards' junto ao cemitério de Santana, na saída norte de Luanda, em frente do Comando Provincial da Polícia Nacional, que pouco teve de se mostrar.

As cores vermelha e verde do partido do Galo Negro dominaram a larga avenida que liga Luanda e Viana, num cortejo pacífico no mesmo dia e local para onde estava prevista uma manifestação não autorizada dos ex-militares, que não apareceram.