Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Angola/Eleições: Coligação de Chivukuvuku exige correção imediata de irregularidades eleitorais

Lusa

  • 333

Luanda, 20 ago (Lusa) - A coligação liderada por Abel Chivukuvuku, concorrente às eleições gerais de 31 de agosto em Angola, exigiu hoje em conferência de imprensa em Luanda que a Comissão Nacional Eleitoral (CNE) "corrija imediatamente as irregularidades" detetadas no processo eleitoral.

Numa declaração política lida no início da conferência de imprensa, Abel Chivukuvuk, dissidente da UNITA e que agora lidera o projeto Convergência Ampla de Salvação de Angola (CASA-CE) diz querer acreditar que os membros da CNE, "se forem pessoas honestas e sérias", passarão a organizar o escrutínio segundo o disposto na lei.

Abel Chivukuvuku anunciou ainda que os seus delegados nas assembleias de voto, num total que disse cobrir mais de 90 por cento do total, "têm capacidade, e se necessário, publicitar os resultados eleitorais em 48 horas".