Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Angola/Eleições: Coligação CASA-CE compreomete-se a realizar referendo em Cabinda

Lusa

  • 333

Luanda, 13 ago (Lusa) - Representantes da sociedade civil de Cabinda e a coligação Convergência Ampla de Salvação de Angola (CASA-CE) assinaram um acordo que prevê a realização de um referendo sobre o território, segundo documentos a que a Lusa teve hoje acesso.

Cabinda, enclave responsável por cerca de 70 por cento da produção petrolífera angolana, é palco há 37 anos de uma luta pela independência conduzida pela Frente de Libertação do Estado de Cabinda (FLEC), que considera o território um protetorado português, tal como ficou estabelecido no Tratado de Simulambuco, em 1885.

Segundo o documento a que a Lusa teve acesso, o Acordo Político foi assinado domingo em Cabinda por William Tonet, um dos vice-presidentes da CASA-CE, e pelo ex-padre católico Jorge Casimiro Congo.