Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Angola/Eleições: CNE rejeitou reclamações eleitorais, que classificou como "má-fé"

Lusa

  • 333

Luanda, 12 set (Lusa) - A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) angolana rejeitou hoje em Luanda as reclamações apresentadas pelas três maiores forças da oposição, que recusam os resultados das eleições gerais de 31 de agosto.

A posição da CNE foi expressa à imprensa no final da plenária do órgão eleitoral pela porta-voz, Júlia Ferreira.

Para a CNE, as reclamações, apresentadas pela União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA), que elegeu 32 deputados (18,66%), Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral, com oito deputados (6,00%) e o Partido de Renovação Social, com três deputados (1,70%), foram feitas de "má-fé" e fora do período legal previsto.