Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Angola: Novo plano quer criar 9 mil empresas e 300 mil postos de trabalho

Lusa

  • 333

Luanda, 15 mai (Lusa) - Angola quer criar 9 mil empresas e criar 300 mil postos de trabalho para combater uma taxa de desemprego que ronda os 20% e fortalecer a aposta numa economia menos dependente do petróleo, disse o ministro da Economia.

Numa entrevista à Bloomberg a 10 de maio, e publicada hoje, Abrahão Gourgel disse que o Governo quer "promover as exportações e apoiar o empreendedorismo", para além de "melhorar a taxa de emprego, diversificar a economia e aumentar a produção nacional".

Angola está a tentar apoiar as pequenas e médias empresas para diversificar a economia e 'fugir' do petróleo, que representa 40% da produção nacional e vale 70% da receita do Executivo, segundo o Fundo Monetário Internacional.