Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Angola forma técnicos de saúde em Coimbra para baixar mortalidade materno-infantil

Lusa

  • 333

Coimbra, 31 jul (Lusa) -- O ministro angolano da Saúde revelou hoje, em Coimbra, que vão ser formados nesta cidade técnicos de saúde angolanos, no âmbito da estratégia que Angola está a adotar para reduzir a taxa de mortalidade materna e infantil.

O ministro José Van-Dúnem falava, numa conferência de imprensa, com o presidente do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), José Martins Nunes, na tarde de hoje, depois de ter visitado o Centro de Simulação Biomédica (CSB) e a Unidade de Telemedicina do Hospital Pediátrico (UTHP) do CHUC.

"Impressionado com as possibilidades que o CSB apresenta, principalmente para resolver um dos problemas" com que Angola se confronta, "que é a formação rápida de enfermeiras parteiras", José Van-Dúnem adiantou que a formação dos primeiros técnicos angolanos daquela área será iniciada "dentro de muito pouco tempo" (cerca de "15 dias").