Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Angola disponível para ajudar a pagar intervenção militar no Mali, mas não para enviar militares

Lusa

  • 333

Luanda, 18 jan (Lusa) - Angola está disponível para ajudar a pagar a intervenção militar africana no Mali, mas não quer enviar tropas para aquele país, afirmou hoje em Luanda o chefe da diplomacia angolana.

Georges Chicoti, que falava à imprensa na sequência do encontro com a presidente da Comissão Africana, Nkosazana Dlamini-Zuma, classificou a situação no Mali como "preocupante" e saudou a intervenção militar francesa.

"A atual situação no Mali é preocupante, mas o continente africano apreciou a intervenção oportuna da Franca. A União Africana, particularmente a África Ocidental, está a mobilizar para poder dar apoio aos esforços da França, sobretudo mobilizando tropas", considerou.