Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Angola: Crescimento económico acelera, mas vulnerável a queda de receitas petrolíferas - FMI

Lusa

  • 333

Washington, 18 jul (Lusa) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) considera que Angola conseguiu estabilizar a situação financeira e está em aceleração do crescimento económico, mas que ainda está vulnerável a uma quebra das receitas petrolíferas.

A avaliação é feita numa declaração da direção executiva do FMI, divulgada na segunda-feira em Washington, uma semana depois de uma reunião sobre o cumprimento do programa de ajuda a Angola, iniciado em 2009 na sequência de um abalo das finanças públicas motivado pela quebra das receitas petrolíferas, e concluído em março de 2012.

No documento de "monitorização pós-programa" o FMI afirma que a situação orçamental angolana continuou a melhorar em 2011 e que as reservas de moeda estrangeira foram reconstituídas, com a inflação em trajetória descendente.