Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Angola: Arqueólogos portugueses vão ajudar a desvendar antigo Reino do Congo

Lusa

  • 333

Coimbra, 05 ago (Lusa) - Um grupo de arqueólogos da Universidade de Coimbra (UC) deverá partir em breve para Angola para resgatar testemunhos do antigo Reino do Congo no âmbito da candidatura de Mbanza Congo a património da humanidade pela Unesco.

A deslocação da equipa para realizar uma campanha de escavações esteve agendada para julho passado, mas foi adiada, aguardando agora uma nova data para a partida, revelou à agência Lusa a sua responsável, Conceição Lopes, que presta assessoria ao Governo de Angola no domínio da arqueologia.

A cidade foi a capital do antigo Reino do Congo, no noroeste do Angola, abrangendo ainda territórios da RD Congo e de Cabinda, tendo sido um dos principais estados africanos pré-coloniais.