Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Angela Merkel defende libertação do presidente egípcio deposto Mohamen Morsi

Lusa

  • 333

Berlim, 14 jul (Lusa) -- A chanceler alemã, Angela Merkel, apelou hoje à libertação do presidente egípcio eleito Mohamen Morsi, detido a 03 de julho depois de ter sido deposto do cargo pelo exército do Egito.

"Partilho do ponto de vista do ministro (alemão) dos Negócios Estrangeiros (Guido Westerwelle) segundo a qual Morsi deverá ser libertado", declarou a chanceler alemã numa entrevista ao canal público alemão ARD.

Defendeu igualmente "que ocorra um processo político que envolva todos os grupos da população no Egito".