Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

ANF solicita ao TdC "auditoria urgente" às seis farmácias privadas nos hospitais

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 ago (Lusa) -- A Associação Nacional das Farmácias (ANF) solicitou ao Tribunal de Contas (TdC) uma "auditoria urgente" às seis farmácias de venda ao público nos hospitais que, só em rendas fixas, devem ao Estado quatro milhões de euros.

No documento enviado ao TdC, a que a agência Lusa teve acesso, a ANF expõe "a situação em que se encontram as concessões de exploração de serviço público de farmácias de dispensa de medicamentos ao público nos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS)".

As seis farmácias estão localizadas nos hospitais de Santo André (Leiria), de Santa Maria (Lisboa), de Faro, São João (Porto) Centros Hospitalares de Coimbra e do Tâmega e Sousa (Penafiel) e registam "cenários de insolvência das concessionárias e diversos litígios judiciais entre os respetivos hospitais concedentes" e os estabelecimentos.