Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Anacom prevê responder à PT em "três semanas" sobre os cenários da evolução da rede de TDT

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 fev (Lusa) -- A Anacom recolheu 67 contribuições na consulta pública que terminou no passado dia 05 de fevereiro sobre os cenários de evolução da rede de TDT e dará uma resposta definitiva à PT "nas próximas três semanas".

"Recebemos 67 respostas, incluindo toda a gente. Acho que é um dado positivo, é um processo participado, que tem a atenção e que movimenta as pessoas, desde pessoas individuais, a associações, empresas e operadores. Tivemos um leque variado [de contribuições]", disse à Lusa o vice-presidente do ICP-Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom), José Perdigoto.

Em causa está a necessidade do regulador dar uma resposta à Portugal Telecom Comunicações (PTC), que pediu à Anacom que tornasse definitiva a solução encontrada em meados de maio do ano passado - e renovada por mais seis meses em novembro seguinte - para ultrapassar problemas de interferência e má qualidade do sinal da televisão digital terrestre (TDT) em várias zonas do país, em consequência de alterações climatéricas, nomeadamente da subida da temperatura.