Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Amnistia insta Costa do Marfim a transferir Simone Gbagbo para Tribunal de Haia

Lusa

  • 333

Abidjan, 25 nov (Lusa) -- A Amnistia Internacional instou hoje a Costa do Marfim a entregar "imediatamente" ao Tribunal Penal Internacional a antiga primeira-dama Simone Gbagbo, acusada de ter cometido crimes contra humanidade durante a crise 2010-2011.

Depois do marido, o antigo Presidente Laurent Gbagbo, "Simone Gbagbo deve ser também transferida para o Tribunal Penal Internacional sem demora para permitir a plena cooperação com a investigação", defendeu a organização não governamental de defesa dos direitos humanos, num comunicado citado pela agência noticiosa francesa AFP.

O Tribunal Penal Internacional (TPI) tornou público, na quinta-feira, um mandado de prisão, emitido em fevereiro, contra a antiga primeira-dama da Costa do Marfim, acusada de ter cometido crimes contra a humanidade durante a crise pós-eleitoral no país.