Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Amiodarona, medicamento contra arritmia cardíaca, aumenta risco de cancro - estudo

Lusa

  • 333

Washington, 10 abr (Lusa) -- A amiodarona, um tratamento amplamente utilizado contra a arritmia cardíaca, aumenta o risco de cancro, especialmente nos homens e em todos os doentes que tomam doses elevadas, indica um estudo publicado na última edição da revista norte-americana Cancer.

Como o medicamento se dissolve na gordura do organismo e se degrada muito lentamente, grandes quantidades podem acumular-se nos tecidos após um uso prolongado, explicam os investigadores do Taipei Veterans General Hospital em Taiwan.

Pequenos estudos já tinham mostrado que a amiodarona podia aumentar o risco de alguns cancros, mas até agora não tinha sido realizada nenhuma investigação alargada sobre a questão.