Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Aministia Internacional exige investigação à morte de civis no Mali

Lusa

  • 333

Paris, 01 fev (Lusa) - O exército do Mali prendeu e executou cerca de duas dezenas de civis no norte do país, denuncia um relatório divulgado hoje pela Amnistia Internacional, que reclama a investigação das mortes de civis durante os primeiros ataques aéreos franceses.

"É absolutamente imperativo que a França e o Mali promovam uma investigação para determinar quem fez o ataque" aéreo que visou a localidade de Konna no primeiro dia da intervenção francesa e no qual morreram cinco civis, incluindo uma mãe e os seus três filhos, disse o porta-voz da organização Gaëtan Mootoo.

"Os resultados devem ser tornados públicos na íntegra para que se possa determinar se houve violação do direito internacional", acrescentou.