Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ambientalistas alertam para riscos da nova PAC para recursos e sustentabilidade

Lusa

  • 333

Lisboa, 22 abr (Lusa) - Organizações ambientalistas alertaram hoje para os riscos da nova Política Agrícola Comum (PAC) para os recursos naturais e a sustentabilidade da Europa e defenderam que devem ser produzidos bens de qualidade, mas sem destruir o ambiente.

A Agrobio, a Liga de Proteção da Natureza(LPN), a Quercus e a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) assinalaram o Dia da Terra, que hoje comemora, chamando a atenção para os riscos que PAC 2014-2020 "poderá ter ao nível dos recursos naturais e da sustentabilidade do continente europeu".

Portugal "tem defendido propostas incompatíveis com uma agricultura ambientalmente sustentada", criticam as organizações não governamentais, defendendo que "a proposta defendida [no conselho de ministros da Agricultura] pela ministra portuguesa, Assunção Cristas, acaba com a vertente ambiental da PAC".