Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Amarante: Recuperação do museu de arte sacra reforça tradição religiosa da cidade

Lusa

  • 333

Amarante, 20 jul (Lusa) - Ao entrar no museu de arte sacra em Amarante, recentemente remodelado e reaberto, constata-se um espólio de talha dourada, imagens e quadros, a maioria dos séculos 16 e 17, que confirmam tradição religiosa da cidade.

O acesso ao renovado museu faz-se pela Igreja de S. Domingos, sobranceira ao mosteiro de S. Gonçalo, com os seus alteres, de estilo barroco e rococó, abundantemente cobertos por talha dourada, também recuperados ao longo de vários meses.

No local de culto, outrora frequentado por monges dominicanos, pequeno, mas com inúmeros pontos de interesse, destacam-se uma imagem de Cristo (Senhor dos Aflitos), com centenas de anos, também restaurada. Noutro ponto da igreja, situa-se o órgão de tubos, do século 18, com uma sonoridade acutilante e altos-relevos em gesso, que detêm a curiosidade dos visitantes.