Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

AMA pretende investigar Agência Antidopagem da Jamaica

Lusa

  • 333

Lausana, Suíça, 15 out (Lusa) -- A Agência Mundial Antidopagem (AMA) pretende investigar a Agência Antidopagem jamaicana, após as acusações da subdiretora Renee Anne Shirley de que não se realizaram controlos antes dos Jogos Olímpicos de Londres.

A AMA reconheceu que a Agência jamaicana (JADCO) não realizou controlos durante os "cinco a seis meses" anteriores a Londres2012, Jogos em que a equipa obteve 12 medalhas, incluindo as três de ouro de Usain Bolt.

"A Jamaica está no nosso radar. A AMA está muito preocupada e daí abrir uma investigação. É um assunto de prioridade alta", disse o diretor geral da Agência, David Howman.