Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Alunos e docentes de escola de Vale de Cambra preocupados com obras "perigosas" durante as aulas

Lusa

  • 333

Vale de Cambra, 01 fev (Lusa) - Alunos e professores da escola sede do Agrupamento de Búzio, em Vale de Cambra, criticam a opção do conselho executivo de proceder a obras "perigosas" no telhado do edifício onde, em simultâneo, terão aulas cerca de 15 turmas.

Os trabalhos estão anunciados para segunda e terça-feira e respeitam ao edifício mais antigo desse estabelecimento de ensino, onde o temporal da semana passada provocou danos significativos no telhado e deixou no teto de salas e corredores "buracos através dos quais se consegue ver o céu".

A descrição é de uma docente, Maria Sousa, que declarou à Lusa que "continuar a dar aulas com chuva a cair dentro das salas já não é viável" e receia agora pela "segurança de todos os que trabalham e estudam na escola, porque as obras vão estar a decorrer mesmo por cima das pessoas".