Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Aluna da universidade do Minho cria dispositivo que identifica tipo de sangue em cinco minutos

Lusa

  • 333

Braga, 05 nov (Lusa) - Uma aluna da Universidade do Minho (UMinho) desenvolveu um dispositivo portátil que identifica o tipo de sangue de uma pessoa em apenas cinco minutos, uma inovação que pode salvar vidas, anunciou hoje aquela academia.

"O procedimento demora cerca de 30 minutos com as técnicas atuais, o que faz com que este aparelho portátil permita salvar vidas em situações de emergência, ao tornar as transfusões de sangue mais seguras", refere um comunicado da UMinho.

A ideia de Sara Pimenta, aluna de Engenharia Biomédica da UMinho, venceu o primeiro prémio na categoria de Mestrado, num concurso de ideias promovido por um centro de investigação que faz parte da Fraunhofer Gesselchaft, organização europeia de investigação aplicada na área das engenharias.