Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Alto Douro Vinhateiro deve apostar na promoção e em novas atividades económicas

Lusa

  • 333

Vila Real, 14 dez (Lusa) - O desafio do Alto Douro Vinhateiro (ADV), a comemorar 11 anos como Património Mundial da Humanidade, passa pela promoção, inovação, qualificação das pessoas e aposta em novas atividades económicas, porque a região é um ativo económico "insubstituível".

A chefe de Projeto da Estrutura de Missão do Douro (EMD), Célia Ramos, afirmou hoje à Lusa que o balanço dos 11 anos é "muito positivo", pelo que o desafio é investir na sua projeção.

E, disse, para os próximos anos as metas são zelar pelos atributos que mereceram o reconhecimento da UNESCO através do envolvimento da sociedade civil e das instituições, trabalhar no próximo quadro comunitário abrangendo todos os agentes da região e promover o desenvolvimento económico e social.