Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Almerindo Marques diz que José Sócrates fazia "pressão" para "ser contratualizada mais obra"

Lusa

  • 333

Lisboa, 22 mar (Lusa) - O ex-presidente da Estradas de Portugal (EP) Almerindo Marques disse hoje que, enquanto esteve à frente da empresa pública, entre 2007 e 2011, havia pressão do primeiro-ministro, José Sócrates, para "ser contratualizada mais e mais obra".

Na comissão parlamentar de inquérito às Parcerias Público-Privadas (PPP), Almerindo Marques afirmou que existia "pressão do primeiro-ministro da época para ser contratualizada mais e mais obra".

Questionado pelo deputado do PSD Fernando Macedo sobre a forma como essa pressão era consumada, o gestor explicou que José Sócrates exercia a pressão através do secretário de Estado das Obras Públicas.