Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Alimentos: Nações Unidas defendem intervenção nos preços para evitar crise alimentar

Lusa

  • 333

Roma, 04 set (Lusa) - As três agências das Nações Unidas responsáveis pelas questões alimentares apelaram hoje para uma intervenção internacional "rápida e coordenada" que impeça a repetição da crise alimentar de 2008, numa altura em que os preços dos alimentos continuam a subir.

Num comunicado comum, o diretor-geral da organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), José Graziano da Silva, o presidente do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA), Kanayo F. Nwanze, e a diretora executiva do Programa Alimentar Mundial (PAM), Ertharin Cousin, apelam ainda para "o combate às causas profundas do aumento do preço dos alimentos".

"A situação nos mercados globais de alimentos, caraterizada por um forte aumento dos preços do trigo, milho e soja, provocou receios de uma repetição da crise alimentar de 2007-2008. Uma resposta rápida e coordenada à escala internacional pode evitar a sua repetição", consideraram os três responsáveis.