Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Alimentação: Nova taxa vai ter impacto negativo na competitividade - APED

Lusa

  • 333

Lisboa, 16 jun (Lusa) - A diretora-geral da Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED) considerou hoje que a entrada em vigor da taxa de segurança alimentar terá um impacto negativo na competitividade.

A nova taxa de segurança alimentar, que obrigará ao pagamento entre 5 a 8 euros por metro quadrado para estabelecimentos comerciais com mais de 2.000 metros quadrados entra em vigor hoje, segundo o diploma apresentado pela ministra da Agricultura, Assunção Cristas, no final de abril.

Em declarações à Lusa, a diretora-geral da APED, Ana Isabel Trigo Morais, disse que a entrada em vigor "significa que esta nova taxa criada pelo governo vai ter fortes impactos em toda a cadeia de abastecimento, desde o setor da produção até ao consumidor" e classificou como "uma medida que tem efeitos negativos na competitividade do país, numa altura em que a economia sofre debilidades tão expressivas".