Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Alfredo Sáenz renuncia à presidência do Santander

Lusa

  • 333

Madrid, 29 abr (Lusa) - O administrador-delegado do grupo Santander, Alfredo Sáenz, renunciou hoje de forma voluntária ao cargo, sendo substituído na presidência executiva por Javier Marín Romano, informou hoje a instituição.

A renúncia de Sáenz, que era também vice-presidente do banco Santander, acontece depois de o Supremo Tribunal ter confirmado, a 19 de abril, uma sentença em que anulava parcialmente o indulto que lhe tinha concedido, o que permitiu um pedido de recurso ao Tribunal Constitucional.

Alfredo Sáenz foi condenado em março de 2011 pelo Supremo Tribunal por um delito de acusação falsa contra devedores do Banesto, entidade a que presidiu depois desta ter sido intervencionada em 1993.