Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Alfredo Maia critica "fúria legislativa" que contraria "mandato" dos jornalistas

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 nov (Lusa) - O presidente do Sindicato dos Jornalistas (SJ), Alfredo Maia, criticou hoje a "fúria legislativa" do Governo na área da comunicação social, apontando que a mesma contraria o "mandato" dos profissionais do setor para servir os cidadãos.

Falando num debate organizado pelo SJ, e que decorreu durante toda a tarde em Lisboa, Alfredo Maia reiterou que o SJ está "na primeira linha" na defesa do serviço público noticioso, quer de televisão, rádio e de agência, e falou também da "ilegitimidade" das forças políciais acederem a imagens de televisão não editadas, os chamados 'brutos', debate levantado nos últimos dias a propósito da estação pública.

O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, vai inclusive pedir ao Conselho Consultivo da Procuradoria-Geral da República um parecer sobre a legitimidade da PSP ter acesso a imagens de 'brutos'.