Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Alentejo é "laboratório" do que será Portugal em 2030 a nível demográfico - especialista

Lusa

  • 333

Évora, 07 mai (Lusa) -- A demógrafa Maria João Valente Rosa apontou hoje o Alentejo como exemplo do futuro expectável do país em 2030 em termos demográficos, porque é a região nacional mais envelhecida, tendo perdido um quarto da população em 50 anos.

"O Alentejo é um exemplo do que poderá ser o futuro do país, porque é uma região que, atualmente, já está mais envelhecida do que a média nacional", disse.

Segundo a demógrafa, as previsões para o país são que, em 2030, "poderão existir dois idosos por cada jovem", o que hoje "já acontece no Alentejo". "Por isso, o Alentejo poderá servir como um bom laboratório sobre aquilo que será o futuro do país, do ponto de vista demográfico, porque já tem aquilo que se admite que o país terá daqui a duas ou três décadas", continuou.