Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Alemanha/Eleições: Eurodeputados portugueses querem nova atitude na UE

Lusa

  • 333

Estrasburgo, 15 set (Lusa)- Os eurodeputados portugueses dividem-se quanto ao impacto das eleições legislativas alemãs no rumo da União Europeia (UE), mas convergem na necessidade de haver uma mudança de atitude face aos países com maiores dificuldades, como Portugal.

Dos cinco eurodeputados portugueses ouvidos pela agência Lusa em Estrasburgo, todos reconhecem que a vitória da CDU (democratas-cristãos), de Angela Merkel, é praticamente certa nas eleições de 22 de setembro, embora a socialista Edite Estrela, por exemplo, refira que os resultados de outras forças políticas, como o SPD (sociais-democratas), podem ser determinantes para condicionar a futura linha dos 28 Estados-membros.

"Infelizmente, do meu ponto de vista, a confirmarem-se as sondagens, Angela Merkel será a vencedora, acho que seria melhor para a Alemanha e para a Europa um vitória do SPD", defendeu, ressalvando que "resta saber quem vão ser os parceiros de coligação da senhora Merkel, se vai ser a grande coligação com o SPD, com os liberais ou inclusivamente até com a Alternativa para a Alemanha, um novo partido que infelizmente está a crescer e é antieuropeu".