Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Alemanha: Quase dois terços das empresas não sentiram efeitos da crise - Sondagem Forsa

Lusa

  • 333

Berlim, 10 jul (Lusa) - A maioria das empresas alemãs (64 por cento) não sentiu até agora os efeitos da crise europeia, e mantém os seus planos de emprego e de investimentos, segundo uma sondagem publicada hoje pelo Instituto Forsa.

Nas restantes firmas germânicas, cerca de um terço do total, a chamada crise das dívidas soberanas traduziu-se, no entanto, em menos negócios com o estrangeiro e em quebras nas vendas, refere o mesmo levantamento.

Quanto aos planos de emprego, 44 por cento das empresas inquiridas pretendem manter os postos de trabalho que têm, e 37 por cento tencionam mesmo criar mais empregos nos próximos doze meses.