Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Alemanha acha "difícil imaginar" união bancária europeia já em janeiro

Lusa

  • 333

Berlim, 15 out (Lusa) - O Governo alemão duvida da possibilidade de se criar uma supervisão bancária europeia já em janeiro 2013, mas garantiu que mantém o apoio a este plano de combate à crise aprovado no Conselho Europeu de junho.

"De momento, é difícil imaginar que isso seja possível", disse hoje, em Berlim, o porta-voz do executivo germânico, Steffen Seibert, inquirido sobre a eventual aprovação da entrada em vigor dos referidos planos no princípio do próximo ano, no Conselho Europeu que decorrerá na quinta e na sexta-feira, em Bruxelas.

Simultaneamente, o porta-voz de Angela Merkel garantiu que a chanceler e o seu Governo "continuam a sentir-se comprometidos com o objetivo de criar uma supervisão bancária europeia, para retirar as devidas lições da atual crise".