Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Alegado esquema de trabalho escravo ficou por provar no tribunal de Valongo

Lusa

  • 333

Valongo, 24 out (Lusa) - Dois feirantes que o Ministério Público acusava de sujeitarem seis homens fragilizados a trabalho escravo foram ilibados dessa imputação, hoje, no tribunal de Valongo, sendo condenados apenas a multa por detenção de munições.

Um terceiro arguido, colaborador dos feirantes, foi absolvido de todos os crimes por que estava acusado.

Na leitura do acórdão, o coletivo de juízes sublinhou que não podia condenar com base nos testemunhos indiretos (o "ouvi dizer") que dominaram a fase de produção de prova.