Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda externa: 'Troika' espera que CGD venda área da saúde ainda este mês

Lusa

  • 333

Lisboa, 18 jul (Lusa) -- A 'troika' espera que a alienação do negócio hospitalar da Caixa Geral de Depósitos (CGD) esteja decidida dentro de duas semanas, enquanto a área de seguros deverá ser alienada até ao final do ano.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) e a Comissão Europeia (CE), que juntamente com o Banco Central Europeu (BCE) fazem parte da 'troika' que presta assistência externa a Portuga, publicaram na terça-feira os relatórios da quarta revisão do memorando de entendimento.

O FMI afirma, no seu documento, que "a alienação do negócio de saúde está prevista para ser concluída em julho de 2012", o que significa que o banco público tem duas semanas para decidir a venda da sua área de negócios da saúde.